domingo, 21 de junho de 2009

Dicas sobre Rottweiler - O filhote

Bem, como eu expliquei na minha primeira postagem do blog, eu tenho dois rottweilers, 1 macho e 1 fêmea, e sempre estou lendo, pesquisando e me atualizando sobre a raça. E como não poderia deixar de ser, também adquiro e muito a experiência diária da convivência com os mesmos.

Nessa primeira parte eu vou falar sobre os cuidados com o filhote, fase extremamente importante da vida deles, assim como nos humanos... Lembrem-se que não sou médico veterinário e tudo que estou falando aqui foi fruto de pesquisas, conversas com especialistas e convívio diário.

Antes de entrar no assunto eu vou apenas abrir um parágrafo para derrubar alguns mitos:

Rottweilers não comem gente, rottweilers não vão matar seus filhos, rottweilers não odeiam gente, rottweilers não são anti-sociais, rottweilers não vão te matar. Tudo depende da criação, se você criar um cão na base da porrada, fechado em um canil, sendo agressivo com o bicho e não demonstrando nenhum tipo de carinho, amor, respeito e felicidade, AÍ SIM VOCÊ VAI COLHER O QUE PLANTOU. Do contrário disso você vai ter um amigo do seu lado, onde ele vai saber respeitar o seu espaço e você o dele.

1 - Escolhendo o filhote.
A maioria dos filhotes de rottweiler herdam a personalidade e temperamento dos pais, ou seja, se você pegar filhotes de cães de guarda, eles provavelmente serão ótimos cães de guarda e por aí vai, salvo os casos em que a criação muda a personalidade e temperamento do filhote. Então fique atento a isso na hora de escolher os filhotes de acordo com a finalidade que você quer. Lembrando que toda regra tem excessão, então converse bem com o criador que está te dando o filhote para saber como os pais eram quando filhotes. Uma coisa importante é saber que machos são mais territorialistas e brincalhões, e fêmeas são mais ciumentas e protetoras.

2 - Pegando o filhote
Se você estiver pegando de criador é capaz que você pegue o bichinho pronto, já vacinado, vermifugado e sem ergots dianteiros e traseiros (seria como uma quinta unha nas patas que várias vezes inflama e incomoda bastante), já que a matriz provavelmente não transmitirá. Agora se você estiver pegando de um conhecido seu que cria por diversão a idade ideal de pegar é entre 45 e 60 dias, pois o filhote já desmamou totalmente. Assumindo que você pegou de um conhecido na idade acima, os procedimentos que você deve fazer são os seguintes: procure um médico veterinário para a remoção dos ergots e corte do rabo (se for feito quando é novo é praticamente indolor para o cão) , aplicação da primeira dose da vacina V10 e um check-up no filhote (temperatura, ouvidos, olhos, patas, barriga, peso, altura). Esse primeiro procedimento deve custar entre R$ 50,00 a R$ 100,00, depende do gabarito do seu veterinário.
ATENÇÃO: Não pechinchem nesta parte, apliquem 4 doses (intervalo de 20 dias mais ou menos) da vacina V10. Se seu filhote é puro isso quer dizer que imunologicamente falando ele é muito mais sensível que um vira-lata, já que não possui as defesas da mistura de raças.

3 - A alimentação
Cachorro só deve comer ração, não deve comer arroz, feijão, carne, frango, peixe, nada disso, comida de cachorro é ração, qualquer coisa diferente disso pode trazer sérios problemas a seu filhote, como a falta de nutrientes essenciais. Sempre que possível compre ração do tipo super-premium e as mais indicadas são: Eukanuba, Royal Cannin, Science Diet Hills e Proplan. Custam um pouco mais, mas vale muito a pena, porém se você estiver apertado de dinheiro uma Golden ou Pedrigee caem bem.

4 - Os 6 primeiros meses
Essa fase é muito prazerosa, porém requer alguns cuidados especiais. Enquanto o ciclo das 4 doses não estiver completo, evite sair com seu filhote na rua pois ele ainda está meio vulnerável e qualquer cão doente na rua pode passar a doença para ele. Rottweilers puros tem alguns problemas congênitos que se manifestam facilmente na maioria deles, e um dos mais sérios problemas se chama "Displasia coxo-femural", esse problema não é fácil de ser identificado nos primeiros meses de vida, porém é fácil de ser combatido, basta você dar um complemento de cálcio para seu filhote (SEMPRE ORIENTADO pelo médico veterinário). Outra coisa extremamente importante é a quantidade de refeições diárias, alimente seu filhote de acordo com a quantidade indicada no saco da ração, porém divida esta quantidade em 3 ou 4 vezes diária, deste modo ele aprender a comer pouco e devagar e evita ter "Megaesôfago".

5 - Ordens, recompensas e punições
Assim como as crianças, os filhotes de rottweiler são extremamente ativos e adoram aprontar, então esta é a hora de ensinar a eles algumas coisas básicas como o espaço dele, o que pode e o que não pode, qual o lugar do xixi e do cocô e quem é o lider da matilha, vou explicar mais detalhadamente cada um...
a) O espaço - O cão precisa saber qual o espaço que pertence a ele, ele precisa ter total noção de onde ele pode ficar, onde pode entrar, onde não pode e para isso você precisa ensinar desde cedo o comando "não". O treino é bem simples, basta você fazer uma linha no chão com madeira, tijolos, chinelos ou algo do tipo, ultrapassar essa linha e dizer em tom firme "não", repita isso umas 6 vezes por dia. Tom firme NÃO É GRITAR.
b) O cocô e o xixi - Esta parte é bem complicada se seu filhote for macho, pois o macho tem uma necessidade de demarcação de território extremamente aguçada e vai querer mijar a casa inteira para dizer que aquilo é dele e nenhum outro cão pode entrar... Mas para combater isto a boa e técnica do jornal resolve, basta você forrar um local com jornal e tentar ficar de olho quando ele for fazer xixi ou cocô, no momento que ele inciar ponha ele em cima do jornal e tente manter-se descontraído e dê um biscoito de recompensa para ele não achar que está fazendo algo errado.
c) Lider da matilha - Qualquer cão não brinca a toa, eles sempre estão testando para ver até onde vai o domínio deles, e é aí que entra o papel do lider da matilha, que é você. O lider da matilha é aquela pessoa que o cão tem a referência e obedece incondicionalmente, seria mais ou menos como o cachorro ver você como um grande cachorro e confiar em você para que a matilha prospere.
d) Punições - Repreenda as atitudes erradas, como pegar chinelos, arrancar roupas do varal, invadir lixo e coisas do tipo. Sempre fale firme e faça com que ele o obedeça. ATENÇÃO: caso ele não obedeça, dobre uma folha de jornal e bata levemente no focinho dele e fale firme "NÃO".

Bem, é isso, em um próximo tópico eu escreverei sobre passeios e adestramento.

22 comentários:

  1. gostei das dicas sao muito boas esterei esperando as outrs dicas

    ResponderExcluir
  2. Só um detalhe:Atualmente(na Europa desde 2001)não se amputa mais a cauda dos rottweilers

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, se eu não me engano, estamos na America do Sul, não?

      Excluir
    2. Por isso somos chamados de terceiro mundo e "atrasados": Por existirem pessoas como você...

      Excluir
  3. Gostei muito das dicas mais acho crueldade cortar o rabo do bichinho, rsrsrsr DEUS fez com porque sem? rsrsrrs
    Mais valeu,muito bom o artigo tenho um rot de 2 meses e meio amooo muito ele!

    ResponderExcluir
  4. vc é louco? cortar o rabo? ja nao se pretica mais essa atividade cruel com os rottweilers

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é só amarrar uma linha que a cauda cai.Para de falar merda.

      Excluir
    2. Pois amarre uma linha em algum membro seu... Ficaria lindo não acha? Para de falar merda vc.

      Excluir
  5. Concordo plenamente com os comentários acima, esse costume atrasado de amputar a calda do animal e sem fundamento já foi ultrapassado e qualquer pessoa com um mínimo de instrução saberia disto, antes de sair escrevendo besteira se informe primeiro, fica a dica.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gente,

    Tenho uma Rottweile, ela vai fazer 3 meses agora no final de fevereira, pesa entorno de 10k está bom? É bem danadinha...E adora morde a mão es os pés....Socorro!!! O que faço?
    Obg,
    Danielle Costa

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Adorei o comentário.
    Mas essas pessoas que estão falando que é ultrapassado de cortar o rabo....pois eu não acho nada disso, acho que já é da raça e que fica mais cara de rott.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade,pois o Rottweiler com a cauda fica estranho,não me acostumei com isso.Prefiro sem a cauda.

      Excluir
    2. Pois amarre uma linha em algum membro seu.. Ficaria lindo não acha?

      Excluir
    3. Querida, se fosse da raça eles nasceriam sem. Corte alguma parte do seu corpo e depois nos conte como foi.

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Muito bom, me ajudou muito, tenho uma fêmea de 2 meses. pergunto se é necessário mesmo cortar ergots.

    ResponderExcluir
  11. ''problemas se chama "Displasia coxo-femural", esse problema não é fácil de ser identificado nos primeiros meses de vida, porém é fácil de ser combatido, basta você dar um complemento de cálcio para seu filhote (SEMPRE ORIENTADO pelo médico veterinário).''


    COMO ASSIM ''FÁCIL DE SER COMBATIDO''?? Vá pesquisar antes de postar besteiras! Displasia coxo femural é a má articulação da cabeça do fêmur com o acetábulo. Não tem nada a ver com cálcio.
    E outra coisa, suplementação de cálcio em filhotes é muito perigoso, pois pode causar deformações
    ósseas. O correto é dar uma boa ração, premium ou super premium(de preferencia essa última), e nela já terá tudo que o filhote precisa.


    Se ele tiver displasia, existem remédios para dor, e dependendo do grau, algumas correções cirúrgicas.

    Para evitar a displasia, antes de comprar o seu filhote, peça sempre o laudo dos pais,com rx, comprovando serem negativos para displasia. Obviamente, faça isso antes de comprar o filhote.

    ResponderExcluir
  12. Olá tenho uma cadela cruza de Rottweile com labrador. ela possui mais caracteristicas física do Rottweile. Tem seis anos, dócil, fica dentro de casa é meu bebê.
    Ela teve a primeira cria, estou com duas fêmeas dela com quarenta dias.Uma é boazinha, carinhosa a outra e agitada, morde tudo que encontra pela frente, rosna para gente quando brigamos com ela ou pegamos ela no colo para tirá-la de algum local que não deve ficar.
    Meu esposo disse que se ela continuar assim irá sacrificá-la.
    O que fazer?
    Ela pode ser uma cadela violenta?
    Poderá ficar sem limites?
    Aguardo retorno.
    Carol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se seu esposo fizer isso, me passe o nome dele para que eu o denuncie!

      Grato!

      Excluir
  13. nao corte o rabo dos bichinhos é tao legal ver sua s atitudis se ele ta feliz ou triste pela cauda por favos nao ampute

    ResponderExcluir